OBRA DIGITAL INSPIRADA EM JOGO DE ATARI CONSCIENTIZA SOBRE SEGURANÇA NO TRÂNSITO

Dois jogadores precisam atravessar uma avenida cheia de carros, ônibus, motos e bicicletas virtuais, enquanto tentam ajudar outros personagens do jogo a chegar ao outro lado em segurança. Pode parecer mera brincadeira, mas a proposta da obra digital Street Crosser, que estreia na Galeria de Arte Digital do Centro Cultural Fiesp (fachada do edifício-sede da Fiesp/Sesi-SP) no dia 19 de maio, é levar o público a refletir sobre os hábitos no trânsito.
Até 31 de maio, de terça a domingo, das 20h às 22h, a Galeria servirá como um telão digital de mais de 3 mil m² para os participantes tentarem completar a missão, por meio de tablets disponibilizados para a interação na Alameda das Flores (travessa para pedestres, que fica edo outro lado da Avenida Paulista). Cada partida dura de 30 a 90 segundos.
Criada pelos coletivos internacionais NOOBWARE e NUTONE, a obra interativa busca no clássico jogo de Atari Frogger a inspiração para tratar de uma forma diferente os índices de acidentes no trânsito em São Paulo – segundo dados do Observatório Nacional de Segurança Viária somam-se mais de 6500 óbitos em acidentes de trânsito em 2013*.
A programação integra o movimento Maio Amarelo que discute ações para melhorar a segurança no trânsito. Nesse sentido, a obra-jogo é uma crítica à falta de segurança nas travessias e cruzamentos em vários pontos da cidade, além de um apelo para que pedestres e motoristas evitem acidentes.
*Fonte: http://www.onsv.org.br/
Muito mais do que uma fachada
Primeira e maior galeria de arte digital a céu aberto da América Latina, a Galeria de Arte Digital é um imenso painel de LED composto por 26.241 mil clusters (cada um formado por quatro lâmpadas), instalados nos 3.700 m² da estrutura metálica que reveste a fachada do prédio-sede da Fiesp e do Sesi São Paulo. Esta cadeia elétrica de baixo consumo possibilita a formação de até 4,3 bilhões de combinações de cores. Desde sua criação em 2012, já foi placo de mais de 15 mostras de sucesso e conquistou espaço entre os ícones culturais da cidade, além de se tornar uma referência para a arte digital.
Sobre os coletivos NOOBWARE e NUTONE
Com base atual na Espanha, ambos os coletivos se juntaram especialmente para o desenvolvimento do projeto Street Crosser. Proveniente de diversos países, seus membros têm experiência nas áreas de design, entretenimento, desenvolvimento de jogos, rich media (anúncio que conta com recursos avançados, como vídeo e áudio, para estimular a interação dos espectadores com o conteúdo), multimídia e arte digital.
Sobre o jogo Frogger
Criado em 1981 como um fliperama, mas no ano seguinte foi portado para o Atari 2600 e se tornou um dos jogos mais famosos do console. A proposta é que o jogador controle um pequeno sapo que deve atravessar a tela. A cada nível, cenários diferentes exigem que o jogador desvie de objetos em movimento ou passe por cima deles, sem encostar na água.
Sobre o Maio Amarelo
Maio Amarelo é um movimento de conscientização social sobre o alto índice mundial de mortos e feridos no trânsito. Pauta constante nas discussões entre autoridades nacionais e internacionais, a segurança viária também recebeu atenção especial por parte da Organização das Nações Unidas (ONU), que definiu em maio de 2011, o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. A escolha da cor amarela para marcar o movimento é inspirada no conjunto semafórico, no qual o amarelo significa “atenção” e “cautela”.
Serviço:
Street Crosser
Exibição: diariamente, de 19 de 31 de maio
Interatividade: terça à domingo, das 20h às 22h (Alameda das Flores – travessa para pedestres da Avenida Paulista); das 22h às 6h serão exibidas vinhetas animadas da obra.
Local: Galeria de Arte Digital (fachada do edifício-sede da Fiesp/Sesi – Av. Paulista,1313)
Grátis. Classificação indicativa livre
Telefone: 3146-7439
Mais informações: www.centroculturalfiesp.com.br

Comentários - Facebook